215 visualizações


O livro ficará pronto em novembro e será enviado por correio para todo o Brasil.

D e s c r i ç ã o

Com 224 páginas, 40 textos de Maria A.Soares, biografia e prefácios de Beatriz Silvério e Samanta Colhado Mendes.

O nome Maria A. Soares se confunde com a vida de duas irmãs anarquistas e operárias de ofício que viveram no século passado: Maria Antônia e Maria Angelina Soares. Ambas foram costureiras, bordadeiras, tecelãs, atrizes, professoras, publicadoras e ativas militantes. Em Unidas nos lancemos na luta: o legado anarquista de Maria A. Soares, o percurso delas é olhado por meio de seus 40 textos publicados em jornais ou endereçados por cartas. Suas palavras narram momentos da história do movimento anarquista brasileiro e seus encontros transnacionais. Elas falam das greves, da carestia de vida, do anticlericalismo, da educação, dos grupos de teatro, das bibliotecas sociais, do Primeiro de Maio, do caso Simón Radowitzky, das perseguições e prisões.

Contudo, muitas de suas ações estavam dispersas na imprensa operária, tornando essencial uma biografia inédita que liga seus caminhos de luta e de sua família tanto no Brasil quanto na Argentina.

O livro, pensado por anarcofeministas, traz para a experiência em páginas do presente um encontro com as palavras e a vida daquelas que consideramos nossas ancestrais.

Mais infos: contato@tendadelivros.org | tendadelivros.org

agência de notícias anarquistas-ana

Algumas pessoas.
Folhas caem também
Aqui e ali.

Issa




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org