Outubro 21, 2020
Do Agencia De Noticias Anarquistas
318 visualizações


Um ano após o Estalido ou Revolta Social, saúdo a todxs que foram protagonistas deste processo… Gostaria de destacar a luta de muitxs compas que em tempos passados, que contribuíram, através de sua organização territorial e ação direta, para este marco que ainda não foi alcançado… Mais um marco na história de nosso povo que deve continuar a gerar caminhos-chave para a libertação.

A revolta implica um ponto que muda de direção, que altera a ordem estabelecida e, da mesma forma, uma explosão que provoca rachaduras.

A insurreição deve multiplicar as rachaduras sem pausas. O ataque ao Estado e ao capital é o objetivo principal de todo subversivo que aposta na libertação contra toda autoridade. Os anos de exploração e miséria nos obrigam a cumprir a vingança histórica contra os bastardos do dinheiro e do conforto.

As propostas dos burgueses e de suas classes políticas que promovem a governabilidade e a salvaguarda dos pactos sociais não passam de enganos, iludindo as mentes que ainda não conseguem ver que as injustiças não se resolvem nas mãos de nenhum Estado… pelo contrário.

Há um ano, algo explodiu nestas partes, e muitos surtos ocorreram em várias partes do mundo… Acredito que o tempo está nos dando razão e a mensagem de insurreição está se espalhando ainda mais do que a pandemia.

Nenhum muro vai parar a mensagem, muito menos me fazer ceder.

Para espalhar o conflito, multiplicar as redes de cumplicidade e destruir tudo o que nos submete!

Liberdade a todxs xs presxs anticapitalistas, subversivos e mapuches!!!

ENQUANTO HOUVER MISÉRIA, HAVERÁ REBELIÃO!!!

Pablo Bahamondes Ortiz “OSO

Prisioneiro subversivo de Villa Francia

18 Out. 2020

Fonte: https://es-contrainfo.espiv.net/2020/10/18/prisiones-chilenas-comunicado-del-companero-subversivo-pablo-bahamondes-ortiz-2/

Tradução > Liberto

agência de notícias anarquistas-ana

As campânulas
Se espalham pelo terreno —
Casa abandonada.

Shiki




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org