Março 25, 2022
Do Agencia De Noticias Anarquistas
208 visualizações

Desde o primeiro momento, a automação nunca foi ‘economia de trabalho’. Como as máquinas são mais rápidas, mais eficientes, mais automáticas, “mais inteligentes”, somos simplesmente forçados a trabalhar com a maior velocidade e intensidade que a máquina é capaz agora.

Os primeiros “supermercados totalmente automatizados” começaram a aparecer no Reino Unido. Como muitas outras invasões da paisagem urbana, que em Londres já é particularmente uma fortaleza sob constante vigilância, eles são recebidos com mais indiferença. A crise constante tem um efeito cansativo, cada nova incursão tem uma justificativa pronta, para mais ‘eficiências’, ‘monitoramento’, para uma ‘cidade mais inteligente’.

De fato, esses supermercados “sem caixas” são uma imagem clara do que está por vir, de uma reestruturação hipercontrolada e hiperexplorativa que estamos apenas na fase inicial. Estes lugares onde as pequenas ilegalidades – que se tornam cada vez mais necessárias como punição econômica e linha de ditar sob a forma de aumentos de preços em bens essenciais, bem como faltas normalizadas – são quase impossíveis de escapar.

Sua aparição no cenário urbano funciona para exibir inteligência superficial, reconhecimento facial e para CAPTURAR E HUMILHAR, tanto aqueles que fazem compras lá, quanto aqueles que ‘trabalham’ lá, agora em condições mais competitivas, e que estão sempre em filmagem, otimizando a ‘produtividade’: policiamento total tanto de ‘trabalhadores’ quanto de ‘consumidores’!

Na madrugada de segunda-feira, 28 de fevereiro, foi tomada a decisão de fazer um corte no espetáculo cintilante que estes laboratórios de controle social usam para se publicitar. Em Greenwich, um supermercado Aldi recém-inaugurado e totalmente automatizado, foi alvo de uma decisão. Com pedras, martelos e tinta, toda a fachada de vidro foi quebrada e deformada.

Espera-se que isto apresente uma abertura através da qual a próxima fase do governo por tecnologia possa ser revelada como algo a ser compreendido com ambas as mãos, com métodos facilmente reproduzíveis, em uma estrutura anarquista de ataque.

uns rebeldes noturnos x x

Fonte: https://actforfree.noblogs.org/post/2022/03/14/london-uk-attack-on-automated-supermarket/

Tradução > dezorta

agência de notícias anarquistas-ana

A mesma paisagem
escuta o canto e assiste
a morte das cigarras

Matsuo Bashô



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org