Fevereiro 4, 2022
Do Agencia De Noticias Anarquistas
195 visualizações

Na terça-feira, 11 de janeiro de 2022, um livro estilo faça-você-mesmo foi publicado: “Words Against Isolation or As Long As There Are Prisons, Let’s Write Letters” [Palavras contra o isolamento ou, enquanto existirem prisões, vamos escrever cartas]. Há duas razões principais para a criação dessa publicação. A primeira é para motivar as pessoas a escrever aos encarcerados enquanto se obtém fundos para anarquistas no cárcere na Bielorrússia.

Em 110 páginas A4, informo por que e como escrever cartas. Estou conectando reflexões resultantes da minha experiência pessoal de encarceramento, bem como uma colagem incluindo fragmentos de correspondência da prisão. Quero demonstrar em exemplos concretos o que podemos encorajar em uma pessoa encarcerada e que podemos causar alegria. Talvez isso permita que novas pessoas que escreverão cartas tenham empatia com a situação do prisioneiro e isso as inspire.

Livrei-me do método “copiar e colar” que amava na criação dos gráficos de zines punk. Não sou designer gráfico nem estou tentando passar essa impressão. Criar colagens e a edição foi divertido para mim, espero que entretenha mais alguém também. E, mesmo se não entreter, não vejo problemas com isso.

Os anarquistas para os quais o dinheiro será coletado foram encarcerados por conta de seus comportamentos e ações de resistência ao regime ditatorial. Sua situação é desafiadora porque estão presos em um país pós-soviético que preservou as mais repulsivas práticas totalitárias em seu passado, como a tortura, terror de Estado e repressão violenta da oposição.

A publicação contém vários textos sobre esses anarquistas encarcerados, incluindo especificamente sobre Mikola Dziadok, que os tribunais enviaram, em 10 de novembro de 2021, às colônias penais por 5 anos. Na quarta-feira, 22 de dezembro de 2021, foram sentenciados à prisão Sergey Romanov (pena de 20 anos), Igor Olinevich (pena de 20 anos), Dmitry Rezanovich (19 anos), Dmitry Dubovsky (18 anos). Todo o dinheiro arrecadado servirá essas pessoas.

Mas a repressão e a realidade na prisão também se aplicam às pessoas vivendo nos países ditos democráticos. Tento lembrar você disso também. Não há contradições entre ditaduras e democracias, são apenas as várias faces do totalitarismo capitalista global.

A contribuição recomendada para a publicação é de CZK 300, mas é possível contribuir com menos ou mais. Todos devem avaliar suas opções. Aceito pedidos pelo email lukynda (@) riseup.net. Publicarei uma lista de pontos de distribuição em breve. Uma versão em PDF do livro está publicada também para baixar e para distribuição sem fins lucrativos.

Fonte: https://lukasborl.noblogs.org/words-against-isolation-a-benefit-for-persecuted-anarchists-in-belarus/

Tradução > Sky

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/12/30/bielorrussia-sangue-em-suas-maos-informacoes-sobre-tortura-e-anarco-partisans/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/12/29/bielorrussia-apoio-aos-anarco-partisans-que-foram-sentenciados-a-penas-enormes/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/12/24/bielorrussia-18-a-20-anos-de-prisao-para-anarco-partisans-bielorrussos/

agência de notícias anarquistas-ana

olhando para trás
meu traseiro cobria-se
de cerejeiras em flor

Allen Ginsberg



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org