Janeiro 22, 2021
Do Passa Palavra
266 visualizações


Por Cebraspo

Camponeses relataram uma movimentação atípica no latifúndio Nossa Senhora, entre 18h e 20h da noite do dia 20 de janeiro: uma viatura policial entrou na sede; 4 caminhonetes, carros e motos ficaram rondando pela estrada principal que dá acesso à Chupinguaia (Linha MC01) e nas estradas dentro do latifúndio; um drone sobrevoou próximo ao acampamento. Acampados denunciaram que em seguida, pistoleiros dispararam com arma de grosso calibre contra um posto de segurança do Acampamento Manoel Ribeiro.

Devido à presença da viatura policial na sede do latifúndio, estes crimes cometidos por pistoleiros do latifúndio Nossa Senhora teve a conivência de policiais. Isto é certeza, mas pela história do Brasil, especialmente de Rondônia, é certo que este foi mais um caso em que a polícia atua como segurança privada do latifúndio.

As famílias do Acampamento Manoel Ribeiro seguem firmes na luta pelo último pedaço do solo regado com o sangue dos heroicos combatentes de Corumbiara.




Fonte: Passapalavra.info