Janeiro 2, 2021
Do Passa Palavra
211 visualizações


Por Movimento Passe Livre – São Paulo

No dia seguinte às eleições municipais, Bruno Covas já mostrou a que veio, anunciando um possível aumento na tarifa do transporte, cujo valor estaria sendo considerado junto ao governo do estado.

A justificativa dada pelo prefeito é a crise econômica. E realmente, estamos em uma situação extremamente preocupante, em que a taxa de desemprego bate recordes históricos e cresce a quantidade de pessoas abaixo da linha da pobreza.

Mas se Covas considera responder a esse quadro com um aumento de tarifa, isso só mostra que a sua preocupação não é com a população pobre – que sofre as consequências mais duras da crise – e sim com o lucro dos empresários do transporte.

Cada aumento de tarifa faz crescer a exclusão dos mais pobres e de quem mora nas periferias, em sua maioria pessoas negras.

Pagar R$4,40 para se deslocar já é impossível para muita gente e um novo aumento, principalmente nesse contexto, precisa ser denunciado pelo que é: uma política de morte!

Não aceitaremos esse ataque. Se Covas quer agradar o empresariado do transporte às custas do nosso sufoco, que fique sabendo que responderemos nas ruas!




Fonte: Passapalavra.info