168 visualizações


Participamos neste sábado de ato público em memória da Chacina de Osasco e Barueri, junto a parentes das vítimas, movimentos sociais, coletivos e organizações políticas. A manifestação aconteceu na saída do escadão da estação Osasco da CPTM.

Em 13 de agosto de 2015, 17 pessoas foram assassinadas a tiros por homens encapuzados em diferentes bairros da periferia de Osasco e Barueri. Uma semana antes, outras 6 pessoas foram mortas de forma semelhante, em ataques em Osasco, Itapevi e Carapicuíba. A chacina aconteceu em represália aos assassinatos de um PM de Osasco e de um guarda municipal de Barueri. Três PMs e um guarda foram condenados pelas mortes, mas no começo deste ano o GCM e um policial foram inocentados pela justiça. No ato deste sábado foram denunciados outros casos de mortes cometidas por policiais na região.

Cerramos punhos junto às mulheres que tiveram seus filhos e companheiros assassinados pelo terrorismo de Estado. Defendemos e atuamos na auto-organização do povo nas quebradas para acabar com a matança racista e o encarceramento em massa, na construção do Poder Popular!




Fonte: Anarquismosp.wordpress.com