101 visualizações


Bayram vive!

O anarquista azerbaidjano Bayram Mammadov, torturado e preso por três anos por pichar sobre a estátua do ex-presidente e ditador Heydar Aliyev, no Azerbeijão, foi encontrado morto em Istambul no dia 5 de maio de 2021.

Bayram foi preso no Azerbaijão em 2016 e foi libertado há cerca de dois anos. Ele morava em Istambul, na Turquia, há pouco tempo. Bayram estava desaparecido há quatro dias, quando a polícia informou os seus amigos na quarta-feira, 5 de maio, que o corpo dele tinha sido encontrado em uma praia. Uma morte muito suspeita.

A Federação Anarquista Revolucionária (DAF, Devrimci Anarşist Federasyon) protestou em 6 de maio em frente ao consulado do Azerbaijan em Istambul com a faixa “O estado matou Bayram!”.

A seguir, o texto divulgado pela DAF

O anarquista Bayram Mammadov estava na mira do estado do Azerbaijão desde o primeiro dia em que começou a se opor a ele. Ele foi torturado, caluniado, preso, e finalmente forçado a viver como um exilado político. Agora o estado da Turquia diz que Bayram se matou. Nós sabemos que eles estão mentindo. Como escrevemos na nossa faixa, “O Estado matou Bayram”. Protestamos em frente ao Consulado azerbaidjano com nossa faixa para gritar a verdade ao mundo inteiro. Não vamos parar de perguntar o que aconteceu com Bayram!

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/05/09/honra-e-luta-pelo-anarquista-bayram-mammadov-encontrado-morto-em-istambul/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2016/12/20/azerbaijao-mais-um-anarquista-e-condenado-a-10-anos-de-prisao/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2016/11/10/azerbaijao-10-anos-de-prisao-por-pichacao-liberdade-para-giyas-e-bayram/

agência de notícias anarquistas-ana

Noite de lua cheia
dentro do céu nublado
Ainda incendeia

Alice Ruiz




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org